• Moto Premium

Competições na Europa

Os bastidores dos campeonatos Mundial de Enduro e Espanhol de Superbike


Por: Carol Yada


Eric Granado, nº 51, disputando posições no lindo circuito Ricardo Tormo, em Valencia

Embarquei para a Europa para fazer a cobertura de duas provas bem distintas: a final do Mundial de Enduro, em Langeac, na França, e a penúltima etapa do Espanhol de Superbike, em Valência. Foram 12 dias de viagem, muitas experiências e bastidores desses eventos internacionais. Minha missão foi acompanhar os brasileiros Bruno Crivilin e Eric Granado, que representaram o país durante toda a temporada no exterior, respectivamente, nesses campeonatos.

Bruno Crivilin foi P6 no Mundial de Enduro em 2021

MUNDIAL DE ENDURO

Ir a uma corrida de enduro no Brasil é como ir a uma reunião de amigos, com churrasco, bebida, música e diversão. Lá fora, é diferente. O QG dos pilotos e equipes fica restrito ao trabalho da competição de alta performance. O público tem acesso, mas basicamente para ver como é a estrutura.

Para quem não conhece, o enduro é uma modalidade realizada em circuitos em montanhas e trilhas, chamados de especiais (trechos cronometrados). Vence o piloto que for mais rápido na soma dos tempos desses trechos, geralmente divididos nos tipos Cross Teste, Enduro Teste e Extreme Teste. O brasileiro Bruno Crivilin terminou na sexta colocação da categoria E1 em 2021. Foi o melhor resultado de um brasileiro nas principais classes do campeonato.

Público francês no Mundial de Enduro: programa famíliar

Em meio a natureza e paisagens incríveis, a competição acontece. O público comparece em peso, caminha longas distâncias, tudo para ver os pilotos superarem os obstáculos, como subidas, descidas, travessia de rios e muitos outros. Entre o intervalo de uma volta e outra, o pessoal aproveita para comer, beber, fazer piquenique. Tem gente de todas as idades, crianças, idosos, animais, um programa de família. Mas é só ouvir o barulho da primeira moto, que todo mundo corre para buscar o melhor lugar para assistir.


ESPANHOL DE SUPERBIKE

Depois de alguns dias em meio à natureza no sul da França, parti para o país vizinho, em um cenário diferente, porém também encantador. O autódromo Ricardo Tormo, em Valência, na Espanha, é incrível. De qualquer ponto nas arquibancadas é possível enxergar a pista toda. A estrutura e limpeza é impecável. Essa organização vale para todo o evento, equipes e processos de trabalho de cada time.

Eric fechou sua última temporada em 5º lugar no Espanhol

Além de assistir aos treinos e corridas da penúltima etapa do Espanhol de Superbike 2021, com a participação do brasileiro Eric Granado, que terminou sua primeira temporada na principal categoria em quinto lugar, foi possível ver de perto o que acontece nos bastidores. Empresas parceiras oferecem serviços para capacetes, pneus e outros produtos.

O que também chamou atenção foi a estrutura do Cuna de Campeones, projeto de formação de pilotos a partir de quatro anos de idade. Uma grande equipe composta por profissionais como educadores esportivos, coaches mentais, tutores, gestores, mecânicos e assessores trabalham em prol da renovação do esporte. Eric Granado participou dessa escola no início da carreira. Não é à toa que grandes nomes da motovelocidade vêm da Espanha.