• Moto Premium

Equipe Honda Racing vence a Elite (geral) e mais três categorias na prova em Novo Horizonte (SC)

Após cinco rodadas, Vinicius Calafati (Elite e E1) e Alexandre Valadares “Brankim” (E4) ampliam vantagem na ponta da tabela, enquanto Bárbara Neves retoma liderança da classe EF


Vinicius Calafati, da equipe Honda Racing, vence a Elite (geral) e a classe E1 na 5ª prova do Brasileiro de Enduro 2022

Os pilotos da equipe Honda Racing completaram neste domingo (17/7) a quinta rodada do Campeonato Brasileiro de Enduro 2022, realizada em Novo Horizonte (SC). Vinicius Calafati venceu na Elite (geral) e na classe E1, enquanto Rômulo Bottrel finalizou em segundo na E2 e em terceiro na Elite. Alexandre Valadares “Brankim” subiu no lugar mais alto do pódio da categoria E4, assim como Bárbara Neves na EF.

A prova do oeste catarinense foi bastante intensa. Os competidores encararam muito frio e chuva, o que deixou as trilhas bem escorregadias e traiçoeiras. Foram três voltas em cada um dos dois dias de 35 quilômetros, que incluíram o deslocamento e três especiais (trechos cronometrados), sendo dois Enduro Teste e um Cross Teste. Na noite de sexta-feira (15/7), a organização realizou um Super Prime, evento promocional, que teve vitória de Vinicius Calafati.

Mesmo sendo o piloto mais rápido da rodada em todos os dias, além de atual líder da Elite (geral) e da categoria E1, Calafati considerou a prova de Novo Horizonte bastante desafiadora. “Este último dia foi bem difícil para mim. Consegui vencer, mas não estava totalmente solto e andei bem travado. Concentrei o máximo possível para atacar e fazer o necessário para mais uma vitória”, explica o paulista. Ele acelera a motocicleta CRF 250RX e soma agora 192 pontos na Elite e 244 na E1.

Pela E2, Rômulo Bottrel foi o melhor na etapa de sábado e terminou o domingo na segunda colocação, mesma posição que ocupou no pódio da categoria. “As especiais ficaram muito destruídas. Puxei 100% da prova e andei no meu limite. A troca de posição dos três primeiros na geral foi muito constante. Cheguei a liderar a geral, mas finalizei em segundo na categoria e terceiro na Elite. Agradeço a equipe, que fez um trabalho incrível. Estou muito feliz com meu desempenho na prova”, conta o mineiro, que utiliza a CRF 450RX. Na E2, ele tem 226 pontos e na Elite, 145.

Na categoria exclusiva para motos nacionais, a E4, o também mineiro Alexandre Valadares “Brankim” revela a estratégia para vencer a prova com a CRF 250F. “A etapa foi difícil, com muito buraco, raiz, valeta e pedra. Mantive a concentração, andei bem na geral, consegui abrir um pouco a diferença em relação ao tempo dos meus concorrentes e soube administrar”, ressalta o líder da classe com 237 pontos. Ele busca o bicampeonato na categoria.

Bárbara Neves, bicampeã latino-americana e tricampeã brasileira de enduro, faturou a etapa e reassumiu a liderança da categoria para mulheres, a EF. “Sofri bastante, principalmente pelo tipo de terreno. Estou acostumada a treinar em um lugar com 35 graus e seco. Cheguei aqui, larguei com seis graus e com a trilha escorregando, o que levou alguns pilotos a não completarem o dia. Passei em alguns lugares e vi o público me dando força. Independente de todas as dificuldades, foi muito boa essa experiência”, finaliza a goiana, que acelera a CRF 250F e está com 200 pontos na classificação.

O Campeonato Brasileiro de Enduro continua nos dias 6 e 7 de agosto, com a penúltima rodada em Farroupilha (RS). A equipe Honda Racing de Enduro é patrocinada por Pro Honda, ASW, Borilli Racing, Alpinestars, DID e Seguros Honda.


RESULTADOS - CAMPEONATO BRASILEIRO DE ENDURO 2022 (TRÊS PRIMEIROS)

Classificação após a 5ª rodada

Elite (Geral)

1º – Vinicius Calafati – 192 pontos – Honda Racing – CRF 250RX

2º – Patrik Capila – 168 pontos

3º – Rômulo Bottrel – 154 pontos – Honda Racing – CRF 450RX

E1

1º – Vinicius Calafati – 244 pontos – Honda Racing – CRF 250RX

2º – Fernando Pereira “Juruna” – 201 pontos

3º – Lolo Anton – 170 pontos

E2

1º – Patrik Capila – 239 pontos

2º – Rômulo Bottrel – 226 pontos – Honda Racing – CRF 450RX

3º – Vitor Borges Garcia – 205 pontos

E4

1º – Alexandre Valadares “Brankim” – 237 pontos – Honda Racing – CRF 250F

2º – Leoncio Krüger – 223 pontos

3º – Flávio Volpi – 142 pontos

EF

1º – Bárbara Neves – 200 pontos – Honda Racing – CRF 250F

2º – Larissa Lelis – 157 pontos

3º – Raiane Kusma – 38 pontos

RESULTADOS (TRÊS PRIMEIROS) / PROVA DE NOVO HORIZONTE (SC)

Elite (Geral)

1º – Vinicius Calafati – 50 pontos – Honda Racing – CRF 250RX

2º – Patrik Capila – 42 pontos

3º – Rômulo Bottrel – 42 pontos – Honda Racing – CRF 450RX

E1

1º – Vinicius Calafati – 50 pontos – Honda Racing – CRF 250RX

2º – Fernando Pereira “Juruna” – 40 pontos

3º – Lolo Anton – 40 pontos

E2

1º – Patrik Capila – 47 pontos

2º – Rômulo Bottrel – 47 pontos – Honda Racing – CRF 450RX

3º – Vitor Borges Garcia – 40 pontos

E4

1º – Alexandre Valadares “Brankim” – 50 pontos – Honda Racing – CRF 250F

2º – Leoncio Krüger – 42 pontos

3º – Luiz Fernando Martins – 40 pontos

EF

1º – Bárbara Neves – 50 pontos – Honda Racing – CRF 250F

2º – Erika Mroginski – 22 pontos