• Moto Premium

Honda lança NC 750X com DCT, CB 1000R Black Edition e X-ADV mais forte em 2022

A naked CB 1000R vem em duas versões: normal e "Black Edition". A crossover NC 750X ganha opção com câmbio automatizado DCT. O maxiscooter X-ADV fica 3 kg mais leve e mais potente.



HONDA CB 1000R BLACK EDITION: versão customizada de fábrica

A versão 2022 traz também o novo painel TFT colorido de 5 polegadas e a conectividade proporcionada pelo HSVCS - Honda Smartphone Voice Control System -, que permite integrar as facilidades dos smartphones ao dia a dia do uso da motocicleta. Detalhes estéticos inéditos põem em evidência a nova geração da CB 1000R, como por exemplo o grupo ótico dianteiro, as rodas, molduras do radiador redesenhadas e o novo subquadro.

Outra novidade para 2022 é a versão Black Edition, com capa do assento do passageiro, que transforma a CB 1000R em monoposto. No âmbito técnico, o poderoso motor de quatro cilindros em linha de 141,4 cv de potência e 10,2 kgf.m de torque teve o sistema de injeção PGM-FI reprogramado para proporcionar melhor resposta ao acelerador. Ineditismo técnico da Black Edition é o quickshifter, sistema que dispensa o uso da embreagem e proporciona trocas de marcha mais rápidas, aumentando o poder de aceleração e desempenho global do modelo.


HONDA X-ADV: mais potente e tecnológica

O maior e mais tecnológico scooter da Honda, vem com painel TFT colorido de 5 polegadas, motor mais potente com quatro modos de pilotagem, relações de câmbio revistas (as três primeiras marchas mais curtas, as três últimas mais longas) e o HSVCS - Honda Smartphone Voice Control System -, acessório que tanto no dia a dia urbano como nas viagens de qualquer tamanho, oferece praticidade que tem tudo a ver com scooters. O chassi, redesenhado, permitiu o aperfeiçoamento da carroceria sem prejuízo ao característico design, onde se destaca o novo para-brisa mais protetivo, regulável em cinco posições. A nova X-ADV está 3 kg mais leve e o espaço sob o assento passou de 21 a 22 litros de capacidade.


HONDA NC 750X em duas versões: câmbio convencional e DCT

O novo design incorpora carenagens redesenhadas e um novo para-brisa, mais protetivo. O porta-capacete, que ocupa o espaço onde usualmente as motocicletas tem o tanque de combustível, teve sua capacidade aumentada de 22 para 23 litros. O novo painel LCD permite a fácil gestão dos três modos de pilotagem, que em conjunto com o HSTC - Honda Selectable Torque Control, determina pleno controle do motor bicilíndrico de 745cc, que recebeu um upgrade em potência e torque.

A Honda NC 750X versão 2022 terá versão com câmbio automatizado DCT, que na Europa já representa 52% das vendas do modelo, mas a versão com câmbio convencional segue em linha. A decisão de oferecer dois tipos de transmissão para a NC 750X alinha a crossover com a mais recente geração da maxitrail Honda Africa Twin. Outro ponto em comum entre estes modelos é a oferta de uma linha completa de acessórios dedicados para a NC 750X. como já ocorre com a Africa Twin.

A chegada à rede de concessionárias Honda está prevista para o primeiro quadrimestre de 2022