• Moto Premium

Lançado o Salão do Scooter

Entre os dias 12 e 15 de Maio de 2022 o Pavilhão de Exposições do Anhembi será palco do 1º Salão do Scooter - Urban Mobility Expo, um evento dedicado à nova mobilidade urbana


Eduardo Viotti comenta sobre o crescimento acelerado do segmento de scooters durante a fase de pandemia

São Paulo vai sediar um salão dedicado aos scooters, motonetas e motociclos. Com objetivo de promover a interação comercial e institucional entre montadoras, fornecedores, marcas de equipamentos e, sobretudo, o crescente público usuário dos veículos desta categoria, o Salão do Scooter/Urban Mobility Expo, que acontece entre os dias 12 e 15 de maio de 2022, no novo Pavilhão de Exposições do Anhembi, será destinado à promoção e reflexão sobre as soluções para a mobilidade urbana diante da nova realidade sanitária, ambiental e de convívio social.

“O ‘Salão do Scooter’ vem promover a interação B2B entre os players do segmento. Com o arrefecimento da pandemia, a hora é de reatar ligações e retomar a rede de contatos, ampliando o network profissional”, afirma Zoraida Lobato, diretora do evento, “e uma feira nesses moldes é ideal para cumprir esse papel”, conclui.

Promovido pela Market Press, empresa pioneira no setor de eventos de duas rodas, com mais de 30 anos de atividade, o Salão do Scooter/Urban Mobility Expo terá inúmeras atividades durante os quatro dias de evento.

O amplo espaço – com cerca de seis mil metros quadrados de área total – contará lançamentos e apresentação de novas tecnologias, exposição de scooters diferenciados e estandes para venda de produtos e serviços.

Além disso, terá local dedicado para test ride, com aulas e treinamento de condução. Este será, inclusive, um dos pilares do Salão do Scooter/Urban Mobility.

O evento abrigará um espaço denominado ‘Arena de Conhecimento e Segurança’, onde será realizado um congresso voltado à segurança no trânsito para os pilotos iniciantes, assim como discussões sobre meio ambiente, políticas públicas e novas tecnologias.

Zoraida Lobato anuncia o lançamento do Salão do Scooter

“De acordo com pesquisas recentes, uma das principais tendências a curto prazo será o uso de transporte de menor impacto ao meio ambiente, de condução individual e de baixo custo operacional e de aquisição”, afirma Zoraida.

Outro ponto importante e inovador do Salão do Scooter/Urban Mobility é que ele será um evento híbrido. Ou seja, contará com uma plataforma digital que abrigará um marketplace e uma feira on-line. Nela todos os expositores participantes poderão apresentar seus produtos e realizar as vendas e contatos diretamente aos consumidores on-line.

Destinado a um público que cresce a cada ano, o Salão do Scooter/Urban Mobility espera receber cerca de 50 mil visitantes ao longo dos quatro dias desta primeira edição. E um dos motivos que justificam esta previsão é a popularização do uso dos ciclomotores e scooters, principalmente por parte dos jovens e mulheres, que priorizam a utilização de veículos mais econômicos e sustentáveis, assim como uma pilotagem mais simples, ideal para os trajetos curtos do dia a dia, com maior economia e segurança.