top of page
  • Moto Premium

Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP 2023: aperfeiçoamento técnicos e ainda mais performance marcam o nov



Disponível na rede de concessionários Honda Dream a partir de fevereiro, modelo será oferecido na exclusiva e numerada “Special Edition 30th Anniversary”, que reproduz o lay-out da Fireblade pioneira de 1992, além do grafismo “Grand Prix Red” -- inspirado nas cores da HRC


A conquista do título no Superbike Brasil 2022, a principal competição da motovelocidade brasileira, comprova a eficiência da superesportiva nº 1 da Honda, a CBR 1000RR-R Fireblade SP. Aliás, há uma década a moto campeã deste torneio é justamente a Fireblade.



Desenvolvida sob a supervisão do HRC -- Honda Racing Corporation --, o modelo lançado no Brasil em 2021 recebe pontuais aperfeiçoamentos que não a revolucionaram tecnicamente, mas visam melhorar ainda mais características do motor, maneabilidade e aerodinâmica para oferecer performance ainda melhor em pista.

Há 30 anos o nome Fireblade é sinônimo de vitórias, mas também de motocicleta versátil, que privilegia a extrema maneabilidade e facilidade de pilotagem, base da filosofia “Total Control” nascida com a 1ª Fireblade de 1992.



Capaz de satisfazer os mais experientes e talentosos pilotos profissionais assim como aqueles que querem aprimorar suas capacidades em track-days ou treinos sem pretensões competitivas, a CBR 1000RR-R Fireblade SP 2023, recebeu modificações que aperfeiçoaram a resposta do motor em baixas e médias rotações, beneficiando as acelerações em saída das curvas. O sistema de controle de tração HSTC está agora mais afinado, o que resultou em maior sensibilidade do acelerador.


Na versão 2023, o motor tetracilíndrico em linha da Fireblade SP manteve inalterada sua potência e torque máximos: 217,5 cv de potência máxima a 14.500rpm, e torque máximo 11,5 kgf.m a 12.500 rpm. Ultracompacto, este moderno motor conta com pistões de alumínio forjado e bielas de titânio. A caixa do filtro e os canais das tomadas de ar que a alimentam foram redesenhados para otimizar os fluxos, assim como os dutos de admissão ajustados para aumentar a velocidade do fluxo de ar. O mesmo ocorreu com os dutos dos gases de escape, que chegam ao catalisador de modo mais eficiente, o que foi obtido pelo novo desenho da porção intermediária do sistema de escape 4-2-1.

A carga da mola de retorno do sistema TBW de acelerador eletrônico foi reduzida, o que em conjunto ao ajuste do sistema HSTC de controle de tração deu ao piloto uma conexão mais precisa entre punho do acelerador e roda traseira



Os Riding Modes combinam quatro arâmetros: potência (P), freio-motor (EB), anti-wheeling (W) e sistema HSTC (T). O Launch-control regulável e o Quickshifter revistado fazem parte deste sofisticado pacote eletrônico da Fireblade 2023.

O chassi de arquitetura Diamond em alumínio se vale da parte traseira do motor para fixar o conjunto mola-amortecedor Öhlins TTX36 Smart-EC totalmente regulável, que está ligado a uma balança de suspensão de alumínio longa por intermédio de articulações (links). O desenho desta balança assim como aparatos aerodinâmicos como as aletas laterais, para lamas e parte inferior da carenagem derivam da RC 213V, a máquina usada pela Honda na MotoGP. A suspensão dianteira, uma sofisticada Öhlins NPX com tubos de 43 mmØ, se vale do sistema Öhlins S-EC -- Semi active Electronic Control. Quanto aos freios, discos dianteiros de 330 mmØ contam com cálipers Brembo Stylema de quatro pistões. O sistema ABS prevê ajuste para uso em pista.


A plataforma inercial IMU de seis eixos monitora os parâmetros dinâmicos da Fireblade e atua ajustando em tempo real os diversos dispositivos destinados ao controle, incluindo os três níveis do amortecedor de direção eletrônico HESD -- Honda Electronic Steering Damper e o sistema que reduz a propensão da roda traseira se levantar do solo em frenagens fortes -- Rear Lift Control.


O painel com tela TFT de 5 polegadas pode ser totalmente personalizado e é bastante intuitivo, com sua gestão sendo realizada por botão no punho esquerdo. A praticidade do sistema Smart-Key é outro detalhe relevante da Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP.


Por se tratar de um modelo comemorativo dos 30 anos de lançamento da primeira Fireblade, o modelo será oferecido em duas versões cromáticas: a clássica tricolor, que reproduz o grafismo das Fireblade usadas no Campeonato Mundial de Superbike pela equipe HRC e a versão que reproduz em versão atualizada os grafismos e cores da versão pioneira de 1992, em uma versão comemorativa com aplicação do logo “30th Anniversary” no tanque, na Smart Key e na ponteira de escape Akrapovic de titânio, além de numeração gravada na mesa superior da suspensão dianteira.

A chegada às concessionárias de todo o Brasil está programado para fevereiro. A garantia é de três anos, sem limite de quilometragem. Abaixo, os preços sugeridos (base Distrito Federal):

Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP: R$ 193.500,00

Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP 30th Anniversary: R$ 198.500,00

bottom of page