• Moto Premium

Norma ABNT garante segurança e qualidade de capacetes

Item obrigatório para os motociclistas deve seguir padrões para proporcionar segurança e conforto ao usuário



A disparada no preço dos combustíveis e o aumento na procura da motocicleta como instrumento de trabalho tem impulsionado a venda do segmento de duas rodas. Segundo a Fenabrave, associação que representa as concessionárias no mês de abril foram comercializadas 107,7 mil unidades, registrando um aumento de 13,8% em comparação ao mês período de 2021.

A escolha pelo um meio de transporte mais econômico também tem estimulado a procura por equipamentos de proteção. O capacete, item obrigatório para os motociclistas é um deles. Para garantir confiança e qualidade ao consumidor, a Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT criou a norma NBR 7471, que está em processo de revisão.

"A norma que trata de requisitos de desempenho e métodos de ensaio para capacetes condutores de motocicletas e similares trará como relevante a adequação das viseiras e óculos solares”, informa Fábia Helena Allegrini coordenadora da Comissão de Estudos do Comitê Brasileiro Automotivo CB 005, da ABNT.

Segundo ela, a norma trará ainda mais qualidade na fabricação e segurança e conforto ao usuário. “Ressaltamos a importância da normalização técnica em um item de segurança tão importante quanto o capacete, pois cria parâmetros para a construção de um produto mais seguro e confiável para o consumidor”, afirma a coordenadora.

De acordo com Fábia, antes de comprar um novo ou o primeiro capacete, o consumidor também precisa estar atento se o produto conta com o selo do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia Qualidade e Tecnologia), que certifica o produto por meio de testes de qualidade.

A ABNT possui um acervo de normas completo para garantir a segurança ao usuário e qualificar profissionais da área.

A coletânea pode ser adquirida no serviço ABNT Catálogo, por meio do link.