• Moto Premium

Ducati Multistrada V2S chega ao Brasil



A família Ducati Multistrada continua em evolução com o lançamento da Multistrada V2S: a moto ideal para desfrutar plenamente de cada viagem, versátil numa utilização diária e na cidade, sempre com o carácter esportivo e estilo inconfundível que caracteriza cada Ducati.


Com o projeto Multistrada V2S, a marca de Borgo Panigale trabalhou para evoluir ainda mais a bicilíndrica da família de ‘dual bikes’ Ducati, criando uma moto ainda mais intuitiva, confortável, divertida e acessível.

A nova Multistrada V2S é uma moto tecnologicamente avançada, com um pacote de eletrônica extremamente completo.

Durante as fases de desenvolvimento do modelo, os principais pontos de foco foram a ergonomia, redução de peso, atualizações do motor e uma série de upgrades que seguem a filosofia de “melhoria contínua”.


design da Multistrada V2S é elegante e esportivo simultaneamente, perfeitamente alinhado com as características estilísticas reconhecíveis da família de motos ‘dual’ de Borgo Panigale. Um estilo caracterizado por linhas fluidas, superfícies limpas e o inconfundível equilíbrio entre o importante volume da dianteira e uma traseira leve e esguia. A Multistrada V2S também conta com novos e refinados grafismos, que mostram o nome da moto em ambos os lados.


A nova Multistrada V2S está equipada com a mais recenteevolução do motor Testastretta 11° de 937 cc. O motor de distribuição desmodrômica, quatro válvulas por cilindro e refrigeração líquida, disponibiliza 113 cv e aproximadamente 10 kgm de torque máximo. Este bicilíndrico é muito linear, utilizável e suave a baixas rotações, sendo possuidor de um torque sempre pronto e vigoroso que, se necessário, pode libertar todo o potencial Ducati, tipicamente esportivo e capaz de provocar descargas de adrenalina. Consistente e robusto, este motor tem longos intervalos de manutenção, com as mudanças de óleo a cada 15.000 km e a verificação da folga das válvulas a cada 30.000 km.

A apresentação aconteceu nesta terça-feira (08/novembro), em São Paulo, com a participação de jornalistas e dealers Ducati.
A apresentação aconteceu nesta terça-feira (08/novembro), em São Paulo, com a participação de jornalistas e dealers Ducati.

A evolução do Testastretta 11° montado na nova Multistrada V2S conta com importantes melhorias: novas bielas, nova embreagem hidráulica de 8 discos e uma caixa de velocidades atualizada e mais leve, que garante uma grande fluidez e precisão na troca de marchas, facilitando também de encontrar o neutro. Um progresso ainda mais apreciável em conjunto com o quickshift, agora com uma estratégia de funcionamento otimizada.


A ciclística da moto é ágil e intuitiva, com roda dianteira de 19" que assegura uma condução suave e confortável, sempre com o nível ideal de reação e precisão. Extremamente versátil, a moto é também ideal para uma utilização urbana, graças à eficácia do sistema de suspensão semi-ativa Ducati Skyhook Suspension EVO, que consegue absorver as irregularidades do piso e garantir sempre a afinação ideal da moto, melhorando a segurança e o conforto.


Um importante trabalho de desenvolvimento foi feito na ergonomia da moto para torná-la mais confortável e mais intuitiva, capaz de deixar qualquer piloto à vontade em qualquer situação. A altura do assento foi reduzida para 830 mm, com um formato do assento redesenhado, que é agora mais estreito e compacto entre as pernas do piloto para permitir tocar com os pés no chão graças à curvatura interna de perna de apenas 1790 mm.

Estas alterações garantem segurança quando a moto se encontra parada e aumenta a confiança ao manobrar em baixa velocidade, mesmo com garupa e malas. Além disso, uma completa opção de acessórios está disponível, como um assento mais baixo e um kit de rebaixamento de suspensão que, combinados, permitem atingir uma altura do assento de 790 mm.



O trabalho no assento também se focou no conforto durante a condução: o novo formato do assento proporciona uma área plana que garante ao condutor liberdade de movimentos na direção longitudinal, melhorando o nível de conforto e permitindo a cada um encontrar a sua posição ideal.


A posição de condução é agora mais confortável com as novas pedaleiras herdadas da Multistrada V4 que, graças a um aumento de 10 mm na distância em relação ao assento, assegura a dose correta de espaço para os pilotos de maior estatura, prevenindo uma curvatura excessiva das pernas e, desta forma, permitindo uma posição mais descansada durante as longas viagens.


Outra importante melhoria foi na redução no peso da moto, que, através do trabalho em vários elementos, resultou numa diminuição de 5 kg de peso em comparação com a Multistrada 950.

A atualização do motor produziu uma poupança de cerca de 2 kg, incluindo a embreagem (1,5 kg) e a sua tampa, caixa de engrenagens e bielas. Várias partes da moto foram suavizadas, incluindo os espelhos, derivados da Multistrada V4S, discos de freio dianteiros e as rodas: a nova Multistrada V2S vem com rodas derivadas da Multistrada V4S, que são cerca de 1,7 kg mais leves, gerando assim uma importante melhoria no comportamento dinâmico da moto, além de melhor performance off road. O modelo Multistrada V2S à venda no Brasil vem equipado com rodas raiadas que são significativamente mais leves.



A Multistrada V2S está equipada de série com um pacote de eletrônica de vanguarda, que oferece tudo o que precisa para se viajar com todo o conforto e segurança. O pacote inclui ABS Cornering, garantindo um elevado grau de segurança na frenagem, mesmo em curva, o Vehicle Hold Control, que torna fácil a partida em terrenos com muita inclinação, o Ducati Traction Control, os quatro Riding Modes (Sport, Touring, Urban, Enduro) completamente configuráveis pelo piloto e o novo sistema Ducati Brake Light que, no caso de uma frenagem súbita, ativa a luz traseira de emergência da frenagem. A viagem torna-se 5 estrelas graças à um completo pacote opcional que é referência para o segmento, que integra a adição da suspensão eletrônica Ducati Skyhook, Cruise Control, faróis full-LED equipada com Ducati Cornering Lights, função que otimiza a iluminação da estrada baseada na inclinação da moto, Ducati Quick Shift Up & Down, sistema Hands Free, tela de alta resolução TFT colorido de 5” com uma interface intuitiva e retroiluminação dos comandos.


O modelo completo à disposição no Brasil, Ducati Multistrada V2S, conta com o pacote eletrônico completo, malas laterais, manoplas aquecidas e cavalete central.


Além disso, o cliente tem à disposição o catálogo Ducati Performance com uma série de acessórios especificamente desenhados para evidenciar as características e as qualidades da Multistrada V2S.


Preço público sugerido: 96.990,00 (MY 22).


O modelo já tem pré-venda aberta e pode ser encomendada numa das concessionárias Ducati no Brasil. O modelo deve chegar nas lojas no final de novembro.



A Ducati Multistrada V2S está disponível na cor Ducati Red com quadro em treliça na cor preta brilhante e aros pretos.


Entre os principais equipamentos estão:

› Motor Testastretta 11° de 937 cc com 113 cv às 9,000 rpm e 96 Nm às 7,750 rpm

› Escape com um silenciador único

› Manoplas aquecidas

› Cavalete central

› Rodas raiadas

› Chassi de aço em treliça com balança em alumínio fundido

› Altura do assento de 830 mm

› Suspensão eletrônica semi-ativa com sistema Ducati Skyhook Suspension (DSS)

› Ducati Quick Shift Up & Down (DQS)

› Faróis Full-LED com sistema Ducati Cornering Lights (DCL)

› Cruise Control

› Comandos retroiluminados

› Painel de instrumentos com tela TFT colorida de 5"

› Para-brisas de altura ajustável

› Tanque de combustível com 20 litros de capacidade

› Rodas em alumínio fundido com pneus Pirelli Scorpion Trail II, 120/70 ZR19 à frente e 170/60 ZR17 atrás

› Amortecedor totalmente regulável, 170 m de curso

› 4 Riding Modes (Sport, Touring, Urban, Enduro)

› Ducati Safety Pack (ABS Cornering Bosch 3 níveis, DTC 8 níveis)

› Vehicle Hold Control (VHC)

› Instrumentação LCD

› Ducati Brake Light

› Sistema Hands Free


Design

A Multistrada V2S foca num design elegante e esportivo, perfeitamente alinhado com os detalhes característicos e reconhecíveis da família Ducati Multistrada, recentemente renovada pelo fabricante de Borgo Panigale a partir do lançamento da Multistrada V4. As superfícies limpas, as linhas fluidas e a diferença de tamanho entre a frente e a traseira são os elementos mais característicos da moto, que herda os espelhos, aros em liga leve e freios de disco com flanges em alumínio da Multistrada V4, resultando numa redução significativa em termos de peso total.


Outras características de design são representadas pelas novas tampas do motor e nova rabeta, redesenhada pela casa de Bolonha para melhorar a ergonomia e o conforto.


Comparativamente com a versão anterior, a Multistrada V2S também conta com um novo e refinado grafismo com o nome da moto em ambos os lados.

Motor

O motor da Multistrada V2S é o conhecido e apreciado bicilíndrico Ducati Testastretta 11° de 937 cc com distribuição desmodrômica. Este motor, com quatro válvulas por cilindro e refrigeração líquida, disponibiliza 113 cv e aproximadamente 10 kgf.m de torque máximo em configuração Euro 5*, contando com um excelente nível de confiabilidade e a capacidade de combinar performance e adrenalina com uma entrega de potência linear e sempre controlável, colocando uma moto esportiva - que nunca é agressiva - nas mãos do condutor. Consistente e robusto, o motor tem longos intervalos de manutenção, com trocas de óleo a cada 15.000 km e verificação da folga das válvulas a cada 30.000 km.

* Apenas em países onde esteja em vigor a legislação Euro 5


A evolução do Testastretta 11° que equipa a nova Multistrada V2S conta com importantes melhorias: novas bielas, nova embreagem hidráulica de 8 discos e uma caixa de marchas atualizada, que garante uma grande fluidez e precisão no engrenar de marchas, facilitando também encontrar o ponto neutro. Um progresso ainda mais apreciável em conjunto com o quickshift, agora com uma estratégia de funcionamento ainda mais otimizada.

As intervenções na caixa de velocidades e na embreagem, juntamente com a introdução das novas bielas e novas tampas, também colocou a redução no peso total do motor em 2 kg.


Ergonomia

A ergonomia da moto é o aspecto da Multistrada V2S que sofreu a maior reformulação comparativamente à Multistrada 950. Alguns elementos-chave foram redesenhados de modo a tornar a moto ainda mais acessível, ajudando a incrementar os elevados padrões de conforto que oferece em todas as áreas de utilização (turismo, deslocamento urbano).


O assento foi modificado na sua forma para permitir ao condutor mover-se facilmente ao longo do banco, sendo agora mais estreito e confortável entre as pernas. Esta característica, juntamente com a redução da altura do assento em 10 mm (agora de 830 mm) e a curvatura interna de perna em 40 mm (1790 mm), torna muito mais fácil colocar os pés no chão com a moto parada e permite efetuar manobras com mais confiança, mesmo quando totalmente carregada. A distância entre o assento e o asfalto pode ser ainda mais reduzida, para 790 m, montando o assento mais baixo como acessório, em combinação com o kit de suspensão rebaixada.


A posição de pilotagem é ainda mais confortável, com as novoa pedaleiras herdadas da Multistrada V4 que, graças a um aumento de 10 mm na distância em relação ao assento, asseguram o espaço adequado a pilotos de maior estatura, prevenindo que dobrem excessivamente as suas pernas e, desta forma, permitindo uma posição mais confortável durante longas viagens.


A moto é espaçosa e pode facilmente acomodar duas pessoas, mesmo com top case e duas malas laterais montadas, permitindo experimentar as emoções da viagem todos os dias, redescobrindo as estradas habituais ou aventurando-se em novos territórios, de acordo com a filosofia "Extraordinary Journey".


Ciclística

O esquema adotado para a ciclística da Multistrada V2S inclui um quadro em treliça frontal juntamente com duas seções laterais, fechadas por um elemento traseiro feito em tecno-polímero reforçado com fibra de vidro para obter a máxima rigidez torsional, com a adição de uma balança de berço duplo em alumínio fundido.


A ciclística da moto é ágil e intuitiva, com uma roda dianteira de 19’’, que assegura uma condução suave e confortável, sempre com o nível ideal de responsividade e precisão. Extremamente versátil, a moto é também ideal para um uso urbano, graças à eficácia do sistema de suspensão semi-ativa Ducati Skyhook Suspension EVO que se baseia num garfo SACHS de 48 mm e num amortecedor traseiro SACHS, ambos eletrônicos, com a possibilidade de ajustar o hidráulico em compressão e retorno de modo contínuo, de acordo com a abordagem do comando semi-ativo, capaz de absorver as irregularidades do piso e garantir sempre a afinação ideal da moto, melhorando a segurança e o conforto.


As rodas raiadas são as mesmoas da Multistrada V4, com medidas de 3.0” x 19” na frente e 4.5” x 17” atrás, que, graças a um peso 1,7 kg menor que as rodas que equipam a Multistrada 950, asseguram uma maior agilidade. Os pneus são Pirelli Scorpion Trail II, 120/70 ZR19 à frente e 170/60 ZR17 na roda traseira.


O trabalho na redução do peso tornou possível obter um peso seco de 202 kg, 5 kg a menos que na Multistrada 950. O motor perdeu cerca de 2 kg. Entre os componentes do veículo, as novas rodas destacam-se, juntamente com os retrovisores da Multistrada V4 (-0,7 kg) e os suportes dos discos de freio dianteiros, agora em alumínio (-0,5 kg).


No que diz respeito à suspensão, a Multistrada V2S está equipada com um garfo invertido KYB de 48 mm e 170 mm de curso, com terminais dedicados, ajustável em pré-carga e no hidráulico em compressão e retorno. Na traseira temos um amortecedor SACHS que liga o braço oscilante ao sub-quadro lateral esquerdo, e que é igualmente ajustável em pré-carga da mola e no hidráulico em compressão e retorno. A mola é progressiva, com o consequente aumento no conforto de pilotagem mesmo com a moto totalmente carregado. O curso da suspensão traseira é de 170 mm.


A Multistrada V2S está equipada com freios Brembo com funçãoABS Cornering. O sistema dianteiro conta com pinças radiais monobloco Brembo M4-32 com quatro pistões de 32 mm e duas pastilhas, bomba radial com manete ajustável e dois discos de 320 mm com suportes em alumínio. Na traseira temos um disco de 265 mm onde atua uma pinça flutuante Brembo.



Eletrônica

A segurança, conforto e trocas de marchas da Multistrada V2S são também garantidas por sistemas de assistência eletrônica de altíssimo nível. A viagem torna-se de 5 estrelas graças à um pacote completo que é referência para o seu segmento.


Em 2010, a Multistrada foi a primeira moto no mundo a estar equipada com Riding Modes, que permite escolher entre diferentes modos pré-definidos para otimizar o comportamento da moto com base no estilo de condução do piloto e nas condições do ambiente. A Multistrada V2S conta com quatro Riding Modes (Sport, Touring, Urban, Enduro), cada um deles beneficiando da presença da plataforma da Unidade de Medição Inercial (IMU) da Bosch para atuar nos níveis de intervenção do ABS Cornering, modificando as características da moto dependendo das escolhas do condutor.


O Ducati Traction Control (DTC) da Multistrada V2S é ajustável em oito níveis, enquanto o ABS Cornering é ajustável em três, sendo que no nível 1 oferece a funcionalidade “apenas a frente” (não-cornering). O sistema Vehicle Hold Control (VHC) ajuda o piloto nas fases de arranque em subida. É ativado quando o piloto, com a moto parada e o descanso lateral recolhido, aplica uma elevada pressão na manete de freio dianteiro ou no pedal de freio e é capaz de manter a moto parada ao intervir ativamente no freio traseiro. Este sistema desliga- se automaticamente após 30 segundos, se não for usado.


A Multistrada V2S conta com um design agressivo de conjunto ótimo dianteiro, típico das motos da família Multistrada. Na traseira existe uma lanterna em LED, que faz uso do sistema Ducati Brake Light (já desenvolvido na Multistrada V4): no caso de uma frenagem abrupta, este sistema ativa automaticamente o piscar da luz traseira indicando a frenagem abrupta da moto aos veículos que a seguem, contribuindo assim para a segurança geral da moto.


Na versão S, o conjunto ótico é full-LED, equipada com DucatiCornering Lights (DCL), função que otimiza a iluminação da estrada quando em curva, baseando-se na inclinação da moto.

Na Multistrada V2S, o desligar automático dos piscas está disponível dependendo do ângulo de inclinação. Graças ao uso da plataforma de medição inercial IMU, os piscas desligam-se após a moto inclinar ou depois de uma curva prolongada.


O painel de instrumentos da Multistrada V2S conta com uma tela TFT colorida de alta resolução em 5’’, com uma interface intuitiva que torna fácil navegar no menu.