• Moto Premium

Grupo 2W Motors entra no segmento de pneus com a Goldentyre

Conhecida pela alta performance no hard enduro e desenvolvida por multicampeões como Graham Jarvis, a marca italiana chega ao país para atender os amantes do off-road


Maurício Fernandes competiu o Brasileiro de Motocross 2021 com Goldentyre

Agora é oficial, a 2W Motors é a representante da Goldentyre no Brasil. Com a nova aposta, o grupo passa a atuar também no segmento de pneus off-road para motocicletas e os amantes de enduro, motocross e rali ganham uma nova opção com a chegada da marca italiana que passa a ser comercializada na Power Husky, na capital paulista e também por meio da loja virtual no site www.goldentyre.com.br

Desenvolvidos com ajuda de grandes campeões como os pilotos Graham Jarvis, Jonny Walker, Clement Desalle e Carlos Campano, os pneus Goldentyre são conhecidos pela resistência e durabilidade para aqueles que buscam melhor performance. Seja para enfrentar lama, terra, cascalho ou terrenos rochosos, os pneus mostram muita confiabilidade na aderência em piso seco ou molhado, frenagem, inclinação e estabilidade no comportamento nas curvas.

“Iniciamos as negociações em 2021, mas com pandemia houve atraso e os primeiros contêineres chegaram em fevereiro. Alguns modelos já vinham sendo testados pelos nossos pilotos no enduro e no motocross na temporada passada e a aprovação foi total. Estamos muito animados por representar mais uma marca premium como a Goldentyre, que acreditamos que será muito bem recebida no mercado brasileiro”, explica Raul Fernandes Jr, sócio-diretor da 2W Motors.

Modelo GT 333N

Seja para hard enduro, enduro, rali, motocross, baja, há um modelo específico para cada necessidade. Entre as linhas comercializadas no Brasil estão: GT 723, GT 216, GT 369, GT 333, GT 232N e G-Mousse, com valores a partir de R$ 699,00. O GT232N pode ser usado nos mais variados tipos de terrenos - lama, piso macio ou areia -, é extremamente versátil, proporciona desempenho e longevidade em níveis que não eram possíveis com um pneu médio macio. Já para rali, entre as opções estão o GT 723 RH, GT 333N e GT 216 para ganhar performance nos mais diversos tipos de piso. A linha G-Mousse é resultado de mais de um ano de desenvolvimento, pesquisas e testes, que fornece o melhor desempenho, além de e durabilidade, por ser fabricada com polímeros de última geração.

Entre os pilotos de enduro e motocross da equipe Husqvarna Power Husky/Goldentyre a aprovação foi total pela alta performance. Fernando Juruna, Medalha de Ouro (ISDE) no Six Days 2021, na Itália, considerada a Copa do Mundo do Enduro, usou o dianteiro GT 216 e o traseiro GT 369 durante a Copa São Paulo de Enduro FIM, disputada em Salto (SP), no início de março. O piloto mineiro venceu na geral e na categoria E2 e ficou impressionado. “Foi a primeira vez que competi com Goldentyre é um pneu incrível. Acabei a prova e não teve desgaste algum, parecia que estava zero, não perdeu nenhuma quina, traciona bem, empurra bem a moto e teve um desempenho excelente”, elogia Juruna.

Fernando Juruna estreou os pneus Goldentyre na Copa SP de Enduro FIM

“São pneus diferenciados, passam segurança, têm durabilidade e tudo que buscamos, tanto que já corri no Brasileiro de Motocross. O GT 333 tem uma durabilidade absurda, muito bom para treino também, não perde aderência em nenhuma situação, apesar de ser um pneu mais duro. Já o GT 252 é mais macio se adapta melhor às pistas brasileiras e passa muita confiabilidade também. São pneus diferenciados”, explica Humberto “Machito” Martin, tricampeão Latino-Americano de Motocross, Campeão Brasileiro do Arena Cross e, que em janeiro, conquistou o título do Supercross 2022, na Argentina.

Além de sócio-diretor da 2W Motors, Maurício Fernandes é piloto de rali, enduro e motocross (Bicampeão do Sertões, Campeão Brasileiro de Rally Baja, além de passagens marcantes no Rally Dakar, Six Days e Redbull Romaniacs) e competiu pela primeira vez com pneus da marca em 2017 e, depois em 2021 em etapas do Campeonato Brasileiro de Motocross. “Trata-se de pneus de primeira linha que tive a oportunidade de usar, pela primeira vez, no Redbull Minas Riders por meio do Graham Jarvis e fiquei impressionado com a performance por serem macios, apresentarem muita durabilidade e desempenho superior a outras marcas. E, desde então, fiquei interessado até que no ano passado concretizamos as negociações e passamos a ser os representantes oficiais da Goldentyre no Brasil”, explica o empresário.