top of page
  • Foto do escritorMoto Premium

Honda cresceu 10% em 2023

Pelo segundo ano consecutivo, a marca produziu e emplacou mais de 1 milhão de motocicletas.



A Honda fechou 2023 com resultados positivos no segmento de motocicletas e registrou um crescimento de 10% nos emplacamentos, em comparação com o período anterior. No total, foram 1.146 milhão de unidades, o que representa o melhor resultado da marca desde 2014, quando 1.149 unidades foram emplacadas. A média diária de emplacamentos – com 4.585 unidades – também indica o melhor número desde 2013, quando 4.839 unidades foram registradas.


O destaque nos emplacamentos é a linha CG 160, com mais de 418 mil unidades, ou seja, 37% do total de vendas da Honda no ano.


No segmento de scooters, a marca atingiu recorde: 78% de market share, em dezembro.

Produção

A produção também cresceu, com mais de 1,215 milhão de unidades saindo das linhas produtivas em Manaus (AM), alta de 10% sobre o ano passado. O acumulado representa o melhor resultado desde 2014, quando foram produzidas 1,239 milhão de motocicletas.


Em 2023, a empresa concluiu o ciclo de investimentos na ordem de 500 milhões de reais, com foco em modernizar as estruturas da fábrica. O projeto permitiu aumentar o volume de produção, melhorar o atendimento à demanda dos clientes e continuar entregando produtos com alta qualidade e custo competitivo.


Perspectivas para 2024

Para este ano, a Honda projeta um crescimento gradual e consistente, com um volume até 10% superior a 2023. A empresa mantém investimentos constantes para a qualidade do negócio no longo prazo e segue acreditando na relevância da motocicleta para o Brasil.


Neste momento, o foco da empresa é investir no fortalecimento do line up, com 10 novos modelos que serão lançados até 2025, em uma das maiores renovações da linha de produtos em toda história da Honda.

Comments


bottom of page