top of page
  • Foto do escritorMoto Premium

Royal Enfield apresenta a Scram 411

Crossover derivada da Himalayan tem conforto e versatilidade


A Royal Enfield está lançando a Scram 411, uma crossover projetada a partir da trail Himalayan. Equipada com o motor LS-410 e o chassi projetado pela Harris Performance, a Scram 411 assume o conceito de scrambler, as motocicletas adaptadas para uso todo-terreno dos anos 50 e 60, precursoras das trail. O verbo inglês to scram significa escapulir, sair fora, dar um rolê, em suma…

A nova motocicleta ficou mais urbana e adequada ao uso na cidade em relação à irmã Himalayan.

A Scram 411 é impulsionada pelo monocilíndrico refrigerado a ar de 411 cm³, que entrega 24,3 cv de potência máxima a 6.500 rotações por minuto e torque máximo de 3,3 kgf.m entre 4.000 e 4.500 rpm, o que garante entrega progressiva, além de força em baixo regime de rotações para elevar o desempenho. Esse conjunto facilita a pilotagem urbana ao exigir menos trocas de marchas e a performance passa confiança para o motociclista encarar trechos sem asfalto com facilidade.

A Scram 411 possui suspensão composta por garfo telescópico de 41 mm de diâmetro nas bengalas, com 190 mm de curso na dianteira e monoamortecedor com 180 mm de curso na traseira. Esse conjunto, combinado com os 200 mm de vão livre em relação ao solo, oferece conforto, estabilidade e transmite confiança ao motociclista para trafegar com agilidade no trânsito intenso dos grandes centros urbanos. Para frenagens eficientes, a Scram conta com freios a disco na dianteira e na traseira, com sistema ABS de dois canais.

Ainda sobre a agilidade que a Scram 411 oferece, uma mudança importante neste sentido é a nova geometria, com a adoção de roda aro 19 na dianteira -- na traseira, a roda é de 17 polegadas e ambas estão equipadas com pneus de uso misto. Essas dimensões são peças fundamentais para o motociclista passar por lombadas e eventuais irregularidades dos pisos. Os pneus de uso misto oferecerem aderência no asfalto e tração nos trechos de terra batida.


Pensando na ergonomia, a Royal Enfield criou um novo assento para a Scram 411, tendo em mente o uso constante da motocicleta. O assento único também reflete o estilo jovem e urbano do modelo, sem deixar de lado o conforto tanto para piloto quanto para o garupa. Além disso, a altura em relação ao solo é de 200 milímetros, o que facilita o controle no anda e pára do trânsito das grandes cidades. O posicionamento do guidão foi desenvolvido pensando na pilotagem urbana, essencialmente apoiada no assento, mas considera também a pilotagem em pé, característica do uso em trechos em terrenos de pisos diferentes.


Outro destaque da Scram 411 é o painel. O mostrador conta com detalhe retrô, característica da marca, no velocímetro analógico. No entanto, o painel também possui um toque de modernidade com a tela digital, que exibe dados como quilometragem, trip, quantidade de combustível com aviso quando o nível está baixo e lembrete para a revisão. Como opcional, a Scram 411 pode ser equipada com o Tripper, sistema de navegação curva a curva da Royal Enfield desenvolvido em parceria com o Google. Sente-se a falta, entretanto, de um contagiros.

“A Scram 411 é uma moto voltada ao piloto que busca uma motocicleta com capacidade para encarar principalmente os desafios diários no trânsito brasileiro, mas que também tenha personalidade para enfrentar pisos irregulares. Essa é uma motocicleta para um público mais jovem e bastante urbanizado, que eventualmente ainda não nos conhece e que, de repente, nem imagina que exista um modelo com essas qualidades e que seja acessível, especialmente para aqueles que desejam subir de cilindrada”, destaca Claudio Giusti, Diretor Geral da Royal Enfield do Brasil.

Um ponto de destaque de todas as motocicletas da Royal Enfield é o design e a combinação de cores. Em um modelo voltado para o público jovem, a mistura de cores se reflete em opções modernas, mas que destacam a conexão da marca com a filosofia do motopurismo. Para o Brasil, são sete opções de cor: Graphite Yellow, Graphite Red, Graphite Blue, Skyline Blue, Blazing Black, White Flame e Silver Spirit. Para dar um toque único para a Scram 411, a Royal Enfield também oferece a linha de acessórios originais da marca, como malas laterais, retrovisores, entre outros itens de personalização.

A pré-venda da Scram 411 tem início no dia 28 de abril e o preço sugerido é de R$ 22.490, sem frete incluso. O modelo é mais um da marca a sair da linha de montagem de Manaus (AM), inaugurada no final de 2022. Assim como as demais motocicletas da Royal Enfield, a novidade chega ao mercado brasileiro com três anos de garantia e revisões a preço fixo até 30 mil quilômetros (ou três anos).

Comments


bottom of page