• Moto Premium

Royal Enfield Super Meteor 650

Atualizado: 18 de nov.


Na versão Tourer, encosto para garupa e para-brisa de série
Na versão Tourer, encosto para garupa e para-brisa de série

Painel básico, sem contagiros, mas com o mostrador do navegador Tripper da marca
Painel básico, sem contagiros, mas com o mostrador do navegador Tripper da marca

A anglo-indiana Royal Enfield apresentou em novembro a Super Meteor 650, versão custom (ou cruiser) da família 650, composta pela roadster Interceptor e pela café- racer Continental GT. O nome Meteor já é adotado pela irmã de 350 cc, a versão custom do projeto J da marca (que também abarca a Classic e a Hunter 350 – veja nesta edição).

A Super Meteor, no entanto, difere das demais 650 por valer-se de um novo quadro, com banco mais baixo e cáster mais aberto, como convém à proposta custom. Esse chassi monta também inédito garfo dianteiro invertido de 43 mm de diâmetro (superior ao das Interceptor e Continental) e os amortecedores traseiros continuam com ajustes de pré-carga da mola. O motor entretanto é

Garfo invertido na frente com pinças ByBre (a Brembo indiana) e ABS de dois canais
Garfo invertido na frente com pinças ByBre (a Brembo indiana) e ABS de dois canais

o mesmo bicilíndrico paralelo refrigerado a ar e óleo com 47 cv de potência máxima a 7.250 rpm e torque de 5,33 kgf.m a 5.650 giros.

Com aros de 19” na frente e 16” atrás, a Super Meteor tem rodas de liga leve que permitem a montagem de pneus sem câmaras, sendo 100/90 na frente e 150/80 atrás. Vem em 2023 em duas versões: Standard e Tourer, que tem encosto para garupa e para-brisa.