• Moto Premium

CB-650R

Atualizado: Mai 21


Lançada em 2014 em substituição indireta à saudosa CB 600F Hornet e aperfeiçoada em 2017, a linhagem das CB 650 ganhou para este ano uma renovação bem mais profunda.

A CB 650 naked perde a letra F (de Fun, diversão) e ganha o sobrenome R (de Racing, competição). Também ganha chassi e design completamente novos, aderindo à tendência NCS (Neo Sports Café) inaugurada pela CB 1000R. O apelo é retrô/futurista, se é possível entender: o farol é redondo, mas apenas sugerido por um anel em LED que lembra luz neon.



O chassi tubular de aço ­ficou mais leve e rijo, com menos soldas e mais estamparia. Também ficou mais e compacto, com 1.9 kg a menos (a moto está 4 kg mais leve). Mas

a maior e mais bem-vinda novidade ficou mesmo por conta da suspensão dianteira invertida (upside down).

Da marca Showa, tem 41 mm de diâmetro e tem cada uma das bengalas com função

separada. A Showa, fabricante do equipamento, chama essa tecnologia de SFF, Separate

Function Fork. Uma age como amortecedor e a outra como mola. O garfo upside down reduz a massa não suspensa. Na pista, a diferença é notável, com maior precisão nas curvas.

Os freios com pinças radiais de 4 pistões evoluíram muito.


O motor mudou pouco, recebendo ajustes para atender às leis antipoluição cada vez mais rigorosas. Tem a entrega de torque mais linear, e mostra suas garras a partir das 7.000

rpm. Também recebeu embreagem deslizante e assistida.

Painel black out em LCD com conta-giros que simula ponteiro ficou elegante. A iluminação é full LED. O guidão, agora cônico de alumínio, e a posição de pilotagem também

evoluíram. Ela custa R$ 37,9 mil, mais frete.




3,784 visualizações1 comentário

Receba nossas atualizações

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

© 2020 MOTO PREMIUM.