• Moto Premium

Versys-X 300

Small is beautiful! A Kawasaki Versys-X 300 tem economia e agilidade de moto leve, com pinta de moto grande!


A Kawasaki Versys-X 300 (R$ 24.441,00 na versão Standard e com preço sugerido pela fábrica de R$ 27.990,00, mais frete e seguro, nesta versão Tourer avaliada) é uma simpática bicilíndrica leve com pinta de quem está disposta a atravessar oceanos… Com motor de dois cilindros em linha, vem para brigar de frente com a Honda CB 500X, maior e um pouco mais cara (R$ 30.020,00). A Royal Enfield 410 Himalayan também entra no páreo, a maior das monocilíndricas do segmento, composto por Honda XRE 300 (R$ 20.745,00) e Yamaha XTZ 250 Lander (R$ 18.554,00). Todos os preços informados são de acordo com a pesquisa da Fipe de julho de 2020.

A Kawasaki Versys-X 300 Tourer utiliza o motor bicilíndrico de 300 cc da marca, que foi substituído nas irmãs Z400 e Ninja 400 pela versão 400, com mais 100 cc e algo de torque e potência extras.

O inline twin de 300 cc (exatos 296 cc) tem duplo comando no cabeçote de oito válvulas e refrigeração líquida. Esse motor arrebanhou a fama de girar alto e só entregar potência acima das 8.000 rpm. Os 40 cv de potência surgem a 11.500 rpm e o torque de 2,6 kgf.m chega às 10.000 rpm.

A embreagem assistida e deslizante e uma relação final mais curta adequaram o motor à proposta da motocicleta. A Versys-X 300 responde sempre imediatamente ao acelerador e o motor tem uma entrega de torque fluente e econômica nas baixas rotações. Não faz jus à fama…

O conforto e a ergonomia bem acertados ajudam nas viagens longas, diminuindo o cansaço. Ela mantém velocidades de cruzeiro bem elevadas. As monocilíndricas de cilindrada semelhante não a acompanham nem perto…



O chassi de aço do tipo backbone é reforçado para suportar garupa e bagagens e tem agregadas suspensões convencionais e sem regulagens, mas que apresentaram um comportamento bem satisfatório e com muito equilíbrio para atender à proposta on-off road.

A Versys mostra muita estabilidade no asfalto, seja em retas de alta velocidade onde ela se manteve bem firme, ou em curvas de baixa ou de alta, nas quais mostra precisão e nenhum balanço indesejado. Na terra, o aro dianteiro de 19 polegadas ajuda a transpor obstáculos e buracos maiores.

O trabalho da suspensão dianteira agradou bastante, transmitindo confiança em uma tocada mais agressiva exigida no fora de estrada, bem como maciez e conforto ao rodar, com progressividade no funcionamento.

A suspensão traseira com sistema de links e um monoamortecedor a gás provê estabilidade e conforto em qualquer condição. As rodas raiadas montam pneus com câmara, de uso misto, e melhoram a capacidade off road da Kawasaki Versys-X 300, ao passo que reforçam a imagem aventureira da motocicleta.

A Versys-X 300 Tourer é imponente. Parece uma motocicleta de maior cilindrada, por conta das malas, das carenagens volumosas e do grande para-brisa, que fornece uma boa proteção contra o vento, medida de conforto para percorrer grandes distâncias.

O belo e amplo assento é bem estreito no encaixe com o tanque de combustível de 17 litros, o que facilita na hora de apoiar os pés no chão. Como o banco é baixo e amplo, é possível sentar próximo ao tanque para atacar mais agressivamente uma estrada de terra mais apertada. A garupa, entretanto, é privilegiada. O assento traseiro é largo e macio e há alças bem posicionadas para apoio e firmeza.

A ergonomia é natural, com a posição de pilotagem ereta graças ao largo e alto guidão e às pedaleiras posicionadas bem na linha do encontro entre banco e tanque, deixando os pés alinhados com os joelhos.

O grande ângulo de esterço facilita as manobras em baixa, tanto nas estradas de terra como no trânsito.



Os freios são convencionais e sem maiores refinamentos, na boa receita de disco recortado na dianteira e na traseira, mordidos por pinças deslizantes de duplo pistão. O ABS é moderno e pouco intrusivo, permitindo pilotagem mais radical inclusive na terra.

O painel, bonito e completo, mescla um conta-giros analógico central com indicador de marchas e um visor LCD multifuncional à direita com velocímetro e odômetros, nível de combustível, temperatura do motor e temperatura ambiente, relógio, computador de bordo com consumo médio e instantâneo e o indicador de pilotagem econômica Eco, que indica a melhor faixa de utilização para alcançar médias de consumo acima dos 30 km/l. Bagageiro de alumínio na mesma altura do assento facilita a amarração de bagagens. Embaixo do assento há um espaço para guardar pequenos ítens. O farol e a lanterna traseira usam lâmpadas convencionais.

Esta versão Tourer vem equipada com malas laterais que comportam até 17 litros em volume e 3 kg em peso de carga, protetores de motor e tubulares para a carenagem, faróis de neblina de LED de baixo consumo de energia, cavalete central, protetores de mão e tomada 12 volts. É um pacote muito interessante que a diferencia das rivais e confere uma certa exclusividade ao modelo.

Se você usa sua moto para viajar, a Tourer é uma opção extremamente econômica e conveniente, com porte e desempenho de moto grande e consumo, peso e maneabilidade de moto pequena. O melhor de dois mundos…


38 visualizações1 comentário

Receba nossas atualizações

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

© 2020 MOTO PREMIUM.